ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

ABERTURA DO II FESTIVAL IMPERIAL DE CINEMA

Cinema, música e uma plateia encantada com o primeiro filme exibido no Festival Imperial de Cinema, aberto na noite de quarta-feira (18.10). O lançamento da segunda edição do festival aconteceu no Theatro Dom Pedro, com a exibição do filme “João, O Maestro”, e continuou no Palácio de Cristal, com o Baile de Máscaras, dando vida a um dos cartões postais da cidade. Antes da exibição, falaram as diretoras e idealizadoras do festival, Daniela Brescianini e Luciana Pacheco,
além do assessor da presidência do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Arthur Varella.
   “Dobramos de tamanho nesta edição. Conseguimos reunir grandes nomes do cinema, e isso é uma honra. Queremos promover um encontro de pessoas e sentimentos, já que somos todos parte desta paixão, e ver o teatro lotado é emocionante”, disse Daniela Brescianini, uma das idealizadoras e diretora do Festival que elogiou ainda o apoio da prefeitura: “este ano nos sentimos acolhidas para a realização do evento”. 
Para o prefeito Bernardo Rossi, todo incentivo deve ser dado à cultura. “O festival eleva o nome de nossa cidade, reverencia a arte do cinema e ainda nos dá ainda mais respaldo para atrair turistas com esta efervescência cultural”, destacou. 
O assessor da presidência do IMCE, Arthur Varella, apontou a  importância do Festival para a Cidade Imperial. “Nossa cidade é múltipla, repleta de encantos culturais e naturais. Petrópolis é uma referencia e inspiração para inúmeros artistas. Além de disso, foi a primeira cidade do país a receber uma exibição de um filme dirigido e produzido no Brasil, e vem sendo cenário de muitos outros ao longo de sua história, o que torna o Festival algo muito relevante à cidade”. 
“O Festival Imperial de Cinema volta mais fortalecido esse ano, e traz mais artes além do cinema: música, literatura e teatro. Nossa intenção é fazer esse intercâmbio e chegar a novas propostas e novas visões do que é o cinema”, falou a idealizadora e diretora do Festival, Luciana Pacheco.
 Em sua segunda edição, o Festival Imperial de Cinema abriu as festividades com o filme “João, O Maestro”, dirigido por Mauro Lima. O filme conta a história de João Carlos Martins, pianista e maestro brasileiro.
   “Já conhecia a história de João Carlos Martins, mas não imaginei que fosse tão intensa. Muito legal ter a oportunidade de saber mais”, expõe Fabiane Lopes, esteticista moradora da capital fluminense, que veio à Petrópolis prestigiar o Festival. 
  Após a exibição do filme, o Baile de Máscaras encheu o Palácio de Cristal, ponto turístico da cidade. O baile contou com apresentações do saxofonista Léo Gandelman e sua banda, e do Julio Bittencourt trio, que agitaram os convidados, que estavam encantados pelo local.
 “O Palácio é incrível, elegante, fino. Não conhecia, e com essa decoração, ficou maravilhoso”, disse a atriz Scheislane Hayalla, que veio do Rio de Janeiro para o Festival. Compartilha de opinião parecida a professora petropolitana Márcia Chiote. “O Palácio está deslumbrante, estou apaixonada. Moro em Petrópolis minha vida inteira, e nunca vi o Palácio de Cristal desta forma. Está realmente encantador”, declara.

  A programação do Festival é gratuita, mas vale lembrar que no Theatro Dom Pedro é preciso pegar senha, que pode ser retirada na bilheteria do teatro, e para as oficinas é preciso fazer inscrição online, pelo site https://www.festivaldepetropolis.com. 
  O Festival acontece até domingo (22), e tem apoio da Prefeitura através do IMCE e das secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação. Além dos filmes, workshops, oficinas e debates oferecidos, acontecerá no penúltimo dia uma ação social, com apoio das empresas Carl Zeiss, Óticas Carol e Oftalmo Clínica de Petrópolis, que doará óculos de grau à crianças da rede pública municipal. A ação será realizada no auditório da UCP, às 10h. 
  “É um momento muito feliz para nossa cidade, que tem o audiovisual como parte de sua história. Espero que todos gostem muito desta edição do Festival, que está ganhando cada vez mais força” declarou o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.


Confira a programação completa:

19/10 – Quinta-feira
 Theatro Dom Pedro
13h - O Menino e o Mundo | Ale Abreu
15h - Saltimbancos Trapalhões | dir. João Daniel Tikhomiroff
18h - Como NossosPais | dir.LaisBodansky
20h30 - Não Devore Meu Coração | dir. Felipe Bragança

Museu Imperial - Teatro
20h00 - Pitanga dir. Camila Pitanga Museu Imperial - Multimídia
13h - Workshop de Direção para Atores | Cesár Baptista

Palácio de Cristal
15h - Oficina Cinematográfica - Infantil
20h - Curtas Universitarios de Petrópolis
20h30 - Malasarte e o Duelo Com a Morte dir. Paulo Morelli

Auditório UCP
18h30 - Debate: Bravo: A Nova Série Documental da TV Brasil
20h - Filmes: Thabata Lorena / Sócrates Santana

Cervejaria Bohemia
18h - Ladies of Science dir. Alessandra Usai
19h - Duas Garotas Românticas Jacques Demy


20/10 – Sexta-feira
 Theatro Dom Pedro
13h - Macaco Tião, O Candidato do Povo | dir. Alex Heller
15h - Detetives do Prédio Azul (D.P.A.) | dir. André Pellenz
18h - Painel - Cooperação Internacional - Brasil - Africa/ Filme: O Encontro Improvável
20h30 - Bingo, O Rei Das Manhãs dir. Daniel Resende

Museu Imperial - Teatro
15h - Debates - Transformações para o Cinema brasileiro
20h - Callado dir. Emília Silveira

Museu Imperial - Multimídia
13h - Workshop de Direção para Atores - Cesár Baptista

Palácio de Cristal
15h - Oficina Cinematográfica - Infantil
20h - Wana’rá | dir. Christian Monassa
20h30 - O Filme da Minha Vida | dir. Selton Melo

Cervejaria Bohemia
18h - O Demonio das Onze Horas | Jean-Luc Godard
19h - O Desprezo Jean-Luc Godard


21/10 – Sábado 
Museu Imperial - Teatro
20h - Gabeira | dir. Moacyr Goes

Museu Imperial - Multimídia
13h - Workshop de Direção para Atores - Hsu Chien

Palácio de Cristal
20h - Cel U Cine Festival de Micrometragens
20h30 - Encantados | dirTizukaYamazaki
Maverick : Caçada no Brasil dir. Emiliano Ruschel

Auditório UCP
10h - As Aventuras do Pequeno Colombo | dir. Rodrigo Gava
15h- Belo Monte - Um Mundo Onde Tudo é Possível | dir. Alexandre Bouchet
18h30 - Palestra - Música, a Sublime Arte da Incerteza / Debate -Trilha Sonora - “A Música Original no Cinema”.

Cervejaria Bohemia
19h - Desejos Proibidos Max Ophuls


22/10 – Domingo
 Museu Imperial - Teatro
16h - Gostosas, Lindas e Sexies dir. Ernani Nunes

Palácio de Cristal
15h - Debates - Adaptação Literária para o Cinema
20h - Curtas Universitários de Petrópolis
20h30 - O Divórcio dir. Pedro Amorim

Auditório UCP
15h - Coragem! Muitas Vidas de Paulo Evaristo Arns | dir. Ricardo Carvalho

Cervejaria Bohemia
19h - Ascensor Para o Cadafalso |  Louis Malle